teste

Helvetica vrs. Arial: definitivo

Aloha!

Ontem no Twitter rolou o link para de um teste para saber se você conhece a Helvetica e seu clore, Arial, e como identificar suas sutis e poucas, mas brutais, diferenças.

O cara pegou 20 logotipos feitos originalmente em Helvetica e os refez em Arial. O seu desafio é descobrir qual é o original (em Helvetica).

Como a parada foi um sucesso, resolvi publicar aqui no LogoBR para fazermos um comparativo e ver qual logotipo foi o mais difícil de identificar e o mais fácil. Depois quem sabe não fazemos um artigo para comentar um a um. Seria show.

O desafio é o seguinte: corre lá, faz o teste e depois vem aqui dizer seu resultado e, se errou quais foram. Eu gabaritei (#TypeManiaco) 😀

testeCréditos da imagem: SwissMiss

============================================

Agora que você já fez o teste pode ver o quanto seus olhos são apurados. Como o LogoBR tem a vocação pra paizão, vai abaixo um super útil e direto resumo sobre as poucas, mas brutais, diferenças em alguns caracteres das duas fontes. Pra mim, essas pouquíssimas diferenças é o que fazem da cópia horrível (principalmente o R) 😉

Isso foi feito e publicado por esse cara e replicado no excelente SwissMiss.

helveticaxArial

Daniel Campos
Diretor na Anora Campo
Especializado em Design Estratégico de Marcas pela Facamp, diretor da consultoria em branding e design Anora Campo, professor na Faculdade de Administração e Artes de Limeira/SP e editor-chefe do LOGOBR.
Daniel Campos on sabtwitterDaniel Campos on sabinstagramDaniel Campos on sabfacebookDaniel Campos on sabbehance
  • errei só a Mattel. Argh!

  • Karina

    errei 3!!!!!!!!!!!!

  • Heheeh! Acertei 17! Não tinha observado as poucas diferença entre as 2 famílias. Errei: American Apparel, Bell Atlantic e National

  • Fabrício Gomes

    Teste feito.

    Acertei 18 errei Mattel e Target.

    Em Target eu dei bobeira o G que são beeeeem diferentes.

    mas tá bom 18 acertos para mim está aceitavel

    Muito bom o post

  • Luis Felipe

    Nem precisei olhar o comparativo. Quero dizer, eu achei que seria mais justo se não olhasse… Mesmo assim eu errei uma das 20, ou seja, acertei 19. Acho que foi bom pra quem fez o teste sem referência.

    De qualquer maneira, o que eu errei foi o da Toyota, e olhando de novo todos os logos, acho que realmente é o mais difícil.

    Nas maísculas as mais fáceis de identificar são as com abertura: C e S; o R por conta da perna, e o G pelo mesmo motivo.

    Nas minúsculas: a, c, s, t… e numa menor escala: o e e;

    No logo da toyota nenhuma dessas letras são observadas, então é o mais complicado na minha opinião.

  • Puts… acertei 18. Errei apenas Mattel e Toyota.

  • Errei: AGFA, American Apparel, CVS, Mattel, The North Face e Target.

  • Matheus Wahl

    A mais difícil foi a da Mattel. Qualquer uma que tinha um R maiúsculo foi muito fácil. Quem se atém ao peso da fonte lembra que Arial só tem dois pesos: normal e negrito. Então, eu acertei 20/20. É importante um olho treinado para essas coisas, então eu acho que acabei virando um #TypeManiaco incorrigível também.

    Como podem a melhor e a pior fonte do mundo serem tão parecidas?

    • Luis Felipe

      Desculpa discordar mas não acho a Helvetica a melhor fonte do mundo. Acho que ela é relativamente legível, o desenho em si é interessante, singular em alguns pontos, o suficiente para ser diferenciada de outras fontes. Mas há sem dúvidas não-serifadas melhores e mais bonitas que a Helvetica.

      Helvetica é como aquele produto que todos compram porque todos compram, simplesmente. Está aí há tanto tempo, e estamos tão acostumados em a ver em todos os cantos que nem nos paramos para dar conta.
      Como de repente uma fonte que nem era tão extraordinariamente bem pensada e estruturada para diferentes usos, como a Univers, foi considerada melhor signatária dos ideais modernistas?

      Então daí, depois que alguns caras decidiram que ela era a opção em termos de fonte neutra e legível, usar Helvética passou a ser entender de design. E nesse sentido ele é uma muleta.

      Quantos textos corridos em revistas e materiais promocionais eu já não vi em Helvetica? Ela é uma fonte fraca para texto. E só está lá para mascarar, certamente, deficiências de qualidade do próprio designer.

      A Helvetica não é uma fonte tão mais bonita que a Arial e esses testes provam isso. Ela certamente tem mais qualidade, e é por isso que quando olhamos a Arial temos a impressão de que ela é feia. Na verdade ela é mal projetada. E não importa se digam que ela não é um revival produzido pela Microsoft para se livrar dos royalties da Helvetica.

      Quer uma boa fonte de tela? A Verdana também é da Microsoft, e é um projeto digno e honesto. O designer dela Matthew Carter foi entrevistado no documentário sobre a Helvetica.

    • Matheus Wahl

      Não, eu concordo totalmente com sua argumentação. Digo que Helvetica é a melhor fonte mundo porque uma fonte é aquilo que o povo faz dela. Helvetica é uma aula de caligrafia, em legibildade e constância, mas não estaria no panteão sagrado que está se não houvesse designers competentes que soubessem aplicá-la bem.

      Arial esteve há mais de uma década lá no Word, como fonte padrão que 90% das pessoas nem se importavam em trocar. E, por causa dessa repetição e estafa visual que causou no inconsciente coletivo, que um designer usá-la virou atestado de preguiça e falta de criatividade.

      Mas um designer que use Helvetica em tudo também atesta as mesmíssimas coisas. O “Diário Catarinense” é um exemplo de mau uso de Helvetica (veja http://surf4ever.files.wordpress.com/2007/09/cc20070929fonte_dc_online.jpg , na coluna à esquerda). Redimensionada, com cores ruins, ficou a mesma coisa do que se usasse… Arial.

      A Calibri também é uma bela fonte, do mesmo designer que criou a fonte do logo da “Folha de S. Paulo”, mas vai sofrer do mesmo mal. E falando da Verdana, é uma bela fonte para web, mas no catálogo da IKEA ficou execrável.

      Se a Helvetica for usada excesso, vai se tornar a nova Arial antes que a gente se dê conta. Saudações e espero que entenda meu lado.

  • errei cinco.. que vergonha. mas uma coisa posso dizer: a helvética é mais redonda. as letras “e”, “o” por exemplos são fáceis de identificar. a não ser que seja uma helvética condensed. #fikdik rsrs

  • Renan

    Acertei 18. Já tinha lido algo sobre e sabia diferenciar bastante.
    A letra “C” e o “R” (minusculos) mataram quase todas…
    Minha dúvida foi no ‘A’ maiúsculo. Por isso errei Mattel e Toyoya. Acredito serem as mais difíceis, afinal nao entendi até agora. Em uma o “A” mais aberto era Helvetica, ai chegou na Toyota era Arial.
    Fiquei sem entender!

  • Carolina Poll

    Errei só a da Panasonic, heheheheh

  • Matheus Wahl

    Falando nisso, veja um pôster de 3 designers portugueses finalistas do concurso Helvetica 50 anos. http://www.72ppp.com/wp-content/uploads/2007/11/cartel-arial-helvetica-constest.jpg . Diz tudo, seja para elogiar ou criticar a Helvetica.

  • Júlia Konzen

    Errei em mattel, restante td certo.

  • Júlia Konzen

    o t minusculo matava qlqr duvida. helvetica tem o t cortado na horizontal, e o arial o corte faz um angulo.

  • Hehee… belo teste ,,, estou bem errei apenas TOYOTA…

  • 18/20

    Errei American Apparel e Toyota!

    Acho que a Toyota é a mais dificil!

  • Jeh

    8/20

    uhauhauhauha
    fui MTO mal

  • spagbas

    Para os desenhistas de plantão e/os fissurados em fonts, vale o app criado pela myfonts (http://www.myfonts.com) para o iPhone. O aplicativo é bem bacana e permite que através de um foto tirada pelo aparelho seja indicado o tipo de font utilizada. Fica aí a dica! Parabéns pelo blog!
    http://itunes.apple.com/WebObjects/MZStore.woa/wa/viewSoftware?id=304304134&mt=8

  • to meio atrasadinha, mas já que fiz o teste, achei que merecia postar, ne?!
    só errei o da toyota!

    achei o mais complicadinho…mas valeu. acho que minha pontuação não foi das piores, considerando que nem tive tipografia na faculdade, hehehe

    adoro teu blog, qridao!
    abraço!

  • Hesmart

    Talvez eu seja um designer besta… mas eu não vejo o porque dessa guerra-mortal entre “letras”.

    Tudo isso por que helvetica é mais antiga e de seus problemas com a ms? grandes-bostas …
    não sou defensor de arial nem de fonte nenhuma, mas depois que passei a tomar conhecimento sobre a idolatração por tipografias, vi como isso é fútil ._.
    … talves seja meu jeito

  • Fábio

    mancha gráfica não tem a ver com idolatria, assim como legibilidade, peso, etc.

  • Raphael

    Errei nenhuma, mas confesso que o Mattel não havia diferença tão forte. A diferença foi que as letras arials são mais “gordas”

  • Acertei 19. Errei STAPLES.

  • 14 hehehe.

  • @Fabio…

    o que é mancha gráfica ?

  • EU amo Helvetica e um teste sempre é boma, apesar de eu ficar com medo de saber que seria falho nesta comparação, mas para surpresa minha eu gabaritei… rsrsrs…
    tem alguns e vi que é fácil sim identificar o tipo mais perfeito e simétrico que é a Helvetica…
    vlw galera!!!

  • Dora

    Errei tb somente a Mattel, mas achei que iria errar mesmo. Gostei mais da original mas resolvi marcar o clone, quase que de propósito, hahaha.

    Bom, hoje eu vi um documentário sobre a helvética. Então, com apenas uma dica do filme, ficou fácil identificar as diferenças. A verticalidade x horizontalidade é a chave de 90% dos casos. Os outros 10%, na minha visão de leiga, vieram pela comparação da proporcionalidade da letra A em relação às outras. Mas aí foi puramente intuitivo.

    Valeu, muito interessante esse post!

  • Bianca

    Errei 1. A da Kawasaki 😀